dezembro 21, 2010

Meu amor, teu amor

“Amar incondicionalmente não significa ser correspondido”.
Tentei lhe dizer diversas vezes a mesma frase, mas quando abria a boca, as palavras simplesmente não saíam. O medo de perder a sua afeição, o seu sorriso, eram maiores que a minha vontade de ser sincera. Apesar de ser uma frase óbvia, você não a interpretava muito bem, e erros de interpretação causa catástrofes, maiores do que você imagina.
E há outro problema também: somos egoístas.
Meu medo de te magoar era maior que minha vontade de ser livre dos seus caprichos. Doía-me a consciência e o coração só de imaginar você sofrendo, só de imaginar que eu poderia te perder.
Admiro sua persistência, sua vontade de provar que ama.
Mas isso não muda sentimento algum, mantêm-se os mesmos. Seu amor incondicional é diferente do meu, e você não entende.
Talvez eu também não entenda, ou até o faça demais. Deixei de viver para não perder você, para não magoar você.
Você alega ser essa sua alegria e vida, mas como fica a segunda pessoa? Como ficam os sentimentos alheios e bilhões de pessoas do planeta, prontas para amar e serem amadas, assim como você?
Oh, isso não significa que eu não o ame.
Mas meu amor é diferente do seu, por favor, entenda.

Super beijinhos,
Hoho'n

8 comentários:

  1. Infelizmente há momentos em que não há reciprocidade...
    Sei bem como é isso... "/

    ResponderExcluir
  2. Ahw, é tão estranho qdo voc ama uma pessoa, mas de forma diferente de como ela te ama, acho desconfortável. Isso me faz lembrar de uma parte do A Menina que roubava livro: "Pior do que um garoto que te odeia, é um que te ama" kk. Feliz Natal *-*

    ResponderExcluir
  3. Oii
    Nem sempre o amor é igual para os dois lados né.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Quem nunca viveu um amor platônico? Não importa o lado que você esteja, é sempre estranho mas é interessante. Fiz um texto falando sobre isso tbm!!!

    ResponderExcluir
  5. Como diz a letra da música da minha última postagem do blog:

    "Você pode ter meu coração para uma caminhada na praia, você pode ter meu coração para uma pequena viagem.
    Você pode ter meu coração bem perto do seu coração, você pode ter meu coração pra sempre se você quiser. Mas nem todo coração pertence a um outro"

    Amores platônicos fazem bem, desde que não se tornam a vida de uma pessoa. E eu não sei se acredito em amar, e amar incondicionalmente.

    ResponderExcluir
  6. O amor platônico é o mais bonito né? A gente ama sem nada em troca, e não se sente machucado por isso. Eu tenho um post sobre amor platônico (:

    http://sugardance.mmmonster.info/blog/amor-platonico-e-amor-desinteressado/

    se quiser ler OEWUOIRUIO2UO42

    Bjonas <3

    ResponderExcluir
  7. eu gostei desse texto, muito bom. ( odeio minha total falta de capacidade de elogiar, mas eu gostei mesmo hehe )

    aahh! então, ela continua sim daquele jeito chato de escrever =\
    mas o livro é bem curtinho pelo menos

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente o amor nem sempre é o mesmo a ambas as partes...

    ResponderExcluir