junho 28, 2010

Crazy for Shoes

1 tortas de limão

Uns maravilhosamente lindos, outros um tanto excêntricos, outros nem tanto. Mas não deixam, nem por um segundo, de ser um sonho de consumo. Quero tudo, pra ontem!


Fotos: Sea of Shoes e Shop Fashion Distraction

Mandem fotos de sapatos interessantes e diferentes, vou amar!

Super beijinhos,
Hoho'n

junho 23, 2010

Looklet feelings

2 tortas de limão
Alguns looks que montei no looklet, pra não falar que só fiquei filosofando aqui no blog:




































Super beijinhos,
Hoho'n

junho 18, 2010

Minha imprevisível felicidade

3 tortas de limão


Eu estava simplesmente andando nas ruas, procurando algo. O sol que fazia confortava-me. Nos dias frios que andara fazendo nos últimos dias, o sol era naquele momento como um abraço apertado dado por alguém muito bem agasalhado.
Eu não fazia idéia do que estava procurando. Algo estava me deprimindo profundamente, me incomodando e sufocando. Algo em mim estava errado. Algo em mim faltava.
Mesmo sem ter idéia do que queria, continuei minha procura. Sabia que estava procurando algo que faltava. Mas o que isso era? Quem era? Estava procurando algo que não sabia quem nem o que. Uma hora eu havia de achar. Mesmo que meus pés doessem e enchessem de calos. Mesmo que anoitecesse e eu não soubesse como voltar para casa. Eu ia achar de qualquer maneira. Eu não ia desistir. Não mesmo.
Meus pés gritavam por descanso e meu corpo por uma noite de sono. Já anoitecera e eu não havia tido resultados de minha busca. Minha razão me beliscava para desistir daquela procura insana e insensata. Eu gritei de volta que jamais desistiria da minha procura.
Para que eu não desmaiasse, entrei em um boteco para tomar um copo de água e dar uma folga para meus pés. Vi um rapaz com seu rosto mergulhado em dor. Ele olhava para um copo de conhaque como se procurasse algo. Aquela imagem chamou a minha atenção, então me aproximei.
Quando me aproximei, escutei-o resmungar coisas como “onde você foi parar?” olhando para dentro do copo. Ele parecia ainda estar sóbreo e não o vi beber até aquele momento uma gota de álcool. Seus olhos estavam vermelhos e lágrimas caiam sem parar. Ele estava triste.
Fui chegando cada vez mais perto, sendo dominada pelam minha curiosidade. Ambos estávamos procurando algo. Era algo em comum.
“Desculpe, mas o que você procura nesse copo?” me atrevi a dizer. Minha curiosidade estava me cutucando sem parar.
“Minha felicidade fugiu de mim e ela deve estar em algum lugar” ele disse olhando no fundo do copo, aos soluços.
“Eu também estou a procura de algo, podemos procurar juntos”.
O que ele fez foi sorrir. Limpou suas lágrimas e permaneceu sorrindo, olhando fundo nos meus olhos. Aquilo me fez sorrir também. Há muito tempo que eu não sorria. Eu finalmente me senti... feliz! Eu estava conversando com um desconhecido que procurava a felicidade dentro de um copo de conhaque e me sentia Feliz!
“Creio que não precisaremos mais procurar” ele disse sem tirar o sorriso de seu rosto. Eu assenti, porque ambos achamos o que procurávamos.
Nossa imprevisível felicidade. Uma companhia.

Horrana Porfírio
Super beijinhos

junho 16, 2010

Minha indignação com o blogger

1 tortas de limão
Quando eu estava quase aprendendo a mexer nessa bagaça direito, o blogger muda tudo de novo. Daí não dá pra mudar, porque eu não sei mexer com esse novo código que eles colocaram, nem mais poha nenhuma (desculpem a palavra). Fiquei bem brava quando eu vi a "novidade" mas só agora vim postar sobre esse lance do design, enfim...
Um puta falta de sacanagem!  (risos)

To bem indignada, agora vou ter que aprender a mexer nessa nova bagaça.
Muita gente deve estar "de boa" com isso, mas eu realmente não entendo de html, e quando estava quase lá, eles mudam, daí não sei mais nada.

Mas sou brasileira, não desisto nunca e aprendo na marra a fazer algo, nem que tenha que mudar o blog para o UOL, Wordpress e afins...

Super beijinhos,
Hoho'n

junho 13, 2010

Amigo é coisa para se guardar...

4 tortas de limão


Faz uns dias ai que eu to devendo um post para um amigasso (amigasso não, amigão, porque ÃO ta na moda ) Gustavo Cabral.
Para facilitar, vou chamar ele como de costume: Papito! Sim, é um apelidinho estranho para quem vê, mas não para mim! Porque ele é meu papito mais fofo e mais presente na minha vida fever, hehe.
Eu resolvi dedicar um post pra ele, porque ele foi o primeiro a vir me ver depois que eu mudei de escola (detalhe importante: ele e todos da minha antiga e amada escola dizem que eu não só mudei de escola, como eu ABANDONEI todo mundo lá). Sim, ele foi o primeiro a vir me visitar e falar: Nossa Horrana, você ta gorda!








...








Tenso!

Fiquei uns 3 meses sem ver ele para ouvir isso e depois ficar morrendo de preocupação quando a mãe dele me liga e fala: “Horrana, o Gustavo ta internado no hospital!”
Quase morri de susto, como diria a minha irmã.
O importante é que ele se importa comigo, mesmo me chamando de gorda, fazendo com que eu começasse a fazer regime e perdesse 3 kilinhos (que já foram preenchidos novamente) porque, afinal, amigo é pra essas coisas!
Tive que dedicar esse post pra ele, mesmo com os fatores citados acima e mesmo ele quase não vindo me ver por morrer de medo do meu pai. Tive que dedicar pois ele é um dos melhores amigos existentes no mundo e porque ele pediu para eu escrever sobre ele no blog. Então eu escrevi!
Te amo papito!


Super beijinhos,
Hoho’n

junho 05, 2010

I wanna fly today

1 tortas de limão
  Fly, fly away!

Bom dia para vocês!



não, eu ainda não mudei o template.
só que ficar sem postar não da

super beijinhos,
Hoho'n