outubro 05, 2010

Meu eu criança

Eu ia colocar uma foto de quando eu era pequena, mas... bem, eu mudei de ideia!

Se o meu ‘eu criança’ me visse agora, ela provavelmente chutaria minha bunda grande e diria “Mas carambolas eu virei isso, essa chata?”.
Meu eu criança sempre se divertia e era (ERA) um crânio, muito inteligente. Cara, provavelmente se fosse a Horraninha que estivesse no primeiro ano, ela teria aprendido física mais rápido que eu agora.
Eu ainda não aprendi física.
Meu eu criança aprendeu a escrever sozinha, aos quatro anos de idade.
É, eu sei.
Mas talvez eu tenha ficado um pouco mais burra porque eu andei deixando meu eu criança de lado. Com quatro anos eu sempre colocava a diversão e o aprendizado no mesmo nível, era divertido aprender (continua sendo, mas...). Eu era ORGANIZADA (por Deus, eu sou a pessoa mais desorganizada desse mundo!) e definitivamente era uma curiosa, um ponto fortíssimo em mim quando pequena.
Curiosidade é o ponto forte de toda criança.
Mas aqui se trata de equilíbrio. Era o que meu ‘eu criança’ tinha.
É, tinha.
Eu fico imaginando a Horraninha ao meu lado agora, rindo da minha cara.
Consigo visualizar isso.
E provavelmente eu me afastaria dela e falaria “criança chata”, porque além de tudo, eu cresci sem um mínimo de paciência com crianças.
Não me orgulho de pensar assim.
Isso deve ter acontecido porque eu deixei de lado a criança feliz e inteligente que eu era.
Deixei de lado a minha curiosidade pelo mundo, a coisa mais importante que eu tinha.
Talvez a minha tristeza tenha nascido daí: a saudade da Horraninha teimosa. Da minha criança.
Por isso ela chutaria minha bunda grande.
Não duvide quando eu digo que minha bunda é grande e nem que meu eu criança a chutaria sem dó.
Horraninha diz: “idiota”.
É Horraninha. Eu sei.

Escrevi isso hoje, na aula de português.
Que saudade de escrever!

Super beijinhos,
Hoho'n

5 comentários:

  1. minha Hoho'n teve o lado horraninha !
    s2 lindo texto Hoho'n

    ResponderExcluir
  2. eiorieorie
    gostei.
    comecei a pensar o que "meu eu criança" acharia de mim hoje... é, acho que a Bianquinha tambem nao ficaria muito sarisfeita! :/

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Hun! meu eu criança também me trataria desse jeito e eu acharia ela bem chata porque tbm não gosto de crianças xD

    ResponderExcluir
  4. Ah que lindo *-* Amei o texto.
    Também estou com saudade de escrever, muito tempo que não faço isso... Mas a falta de tempo não deixa x.x

    ResponderExcluir