janeiro 09, 2011

Tempo demais

  Quando olho para o tempo, o mundo parece correr em câmera lenta, tudo tão cedo... tão cedo para levantar, tão cedo para fazer acontecer... tão cedo que nada faço, é cedo.
Mas quando dou conta de mim, passou tempo demais, já deveria tê-lo feito, já deveria estar fazendo... é tarde, já é tarde demais.
E o tempo não passou, desde que olhei para ele. Nem um mísero segundo. Era o mesmo.
Muito cedo.
Muito tarde.
Nunca o tempo certo.
Demais para a minha cabeça confusa e insana. Ainda demais para colocá-las, em palavras, em textos...
Talvez depois. Agora é cedo demais.
Agora. Depois é tarde demais.
Cedo ou tarde demais para dizer o que se pensa, amar quem se gosta, levantar e fazer acontecer?
Nenhum nem outro?
Será que é tempo ou coragem que nos falta para dizê-los, amá-los e senti-los?
Insegurança em demasia.
Cedo demais para subir – posso suportar a pressão ainda.
Tarde demais para fazer – já acabou o ar aqui dentro.
E nem um minuto se passou desde que olhei para o tempo. Nem um mísero segundo.
Era o mesmo. O mesmo tempo.

- Bom dia – disse o pequeno príncipe.
- Bom dia – disse o vendedor.
Era um vendedor de pílulas especiais que saciavam a sede. Toma-se uma por semana e não é mais preciso beber.
- Por que vendes isso? – perguntou o principezinho.
- É uma grande economia de tempo – disse o vendedor. – Os peritos calcularam. A gente ganha cinqüenta e três minutos por semana.
- E o que se faz com esses cinqüenta e três minutos?
- O que a gente quiser...
“Eu”, pensou o pequeno príncipe, “se tivesse cinquenta e três minutos para gastar, iria caminhando calmamente em direção a uma fonte...”
O pequeno príncipe - Antoine de Saint-Exupéry


Super beijinhos,
Hoho'n

5 comentários:

  1. Que texto liindo *-*
    e confuso
    é cedo ou tarde pra dizer que te amo????? :D
    cedo ou tarde. Agora eu te amo!!!
    beeeijinhos :*

    ResponderExcluir
  2. Passa lá que tem selinho ;D
    http://lariiqs.blogspot.com/2011/01/selinhos-atrasados-sorry.html
    s2222'

    ResponderExcluir
  3. É sempre cedo demais pra fazermos as coisas as quais realmente amamos. E conquistá-las.

    beijos, coração.

    ResponderExcluir
  4. O livro do Pequeno principe é linda, mas eu n conseguin terminar eu tinha uns 12 anos quando fu ler! agora vou tentar terminar!

    ResponderExcluir
  5. Adorei a poesia. Na verdade, ela transmite algo muito interessante, que é essa noção (ou quem sabe, falta dela) do tempo. Cedo ou tarde, a gente nunca sabe. O importante é não pensar muito nisso, né? No final das contas, o tempo certo é agora. Não antes ou depois. Muito bonito, parabéns.
    Aliás, sou apaixonada pelas citações do Pequeno Príncipe. São LINDAS! Todas elas. O livro é bem interessante
    Beijos

    ResponderExcluir