janeiro 17, 2011

Hoje eu quero...

Correr descalça sobre a relva molhada de orvalho, subir nas árvores, dançar com o vento de uma manhã com um sol ingênuo e tímido.
Quero tomar um banho de rio, depois um de luar e dormir sob as estrelas.
Acordar com os pássaros dizendo ‘bom dia’ ao sol com melodias que o homem nem sequer sonhou criar. Sentir a natureza, mas sem perigo. Quero poder sonhar.
Disse o que eu queria em voz alta, e só escutei ‘que sonhos bobos são esses querida?’. Mas que mal faço eu em sonhar? Que mal faço eu em querer ser, e apenas isso?
Só o que escutei foi ‘que sonhos bobos querida!’.
Bobos, talvez.
Mas sonhos.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Super beijinhos,
Hoho'n

6 comentários:

  1. O poema é seu? muito bonito, e essas fotos? a da chapeuzinho vermelho é linda.

    ResponderExcluir
  2. Por nada, o poema é muito bom mesmo.
    Seu blog é inspiração pra mim *-*

    ResponderExcluir
  3. Adorei a última foto, a primeira é perfeita tbm! você escreveu o texto?

    ResponderExcluir
  4. Sonhos são importantes, é o que nos faz ter vontade de viver para realiza-los.
    Lindo seus texto e as imagens.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. lindo texto e as fotos me tiraram o folego hehehe :D
    boa escolha ;D

    ResponderExcluir
  6. oi, to apixonada pelas fotos! uiashui
    Nenhum sonho é bobo, nunca.

    ResponderExcluir